Sinopse
Em Depois de Você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres (Inglaterra), ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. 
Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente. 



Sou uma pessoa não confiável para falar sobre esse livro. Definitivamente, ele não foi nada do que eu esperava. Nessa resenha não vou falar para vocês sobre o livro, pois acabaria dando muitos spoilers. Vou falar apenas as minhas impressões e um pouco da mudança que vi nos personagens, inclusive os novos da história como Sam, que já é mencionando na sinopse e alguns membros do grupo de terapia.

Bem, para começo de conversa, eu já digo que achava desnecessário Como eu era antes de você ter tido uma continuação. A história contada no mesmo já era suficientemente incrível e se os leitores realmente queriam saber o que aconteceu com Lou, bastava Jojo Moyes ter escrito um epílogo e disponibilizado para os leitores. Sinceramente, acho que foi escrito apenas por fins lucrativos.

Depois de você conta como está Lou pós Will. Eu esperava que o livro contasse as viagens de Lou, a mudança que ela teve após as experiências vividas com Will e as aventuras que ela estaria vivendo com o que ele deixou para ela. Mas não é nada disso. Ok, ela perdeu o grande amor da vida dela, mas, cara, a mulher não fez bulhufas nenhuma! Ela continuou a mesma Louisa parada e sem expectativas de crescer, só não mais com roupas excêntricas. Ao invés de se dedicar a uma nova vida, ela se contenta em morar em um apartamento que conseguiu comprar com o que Will deixou a ela e em trabalhar em um pub usando uma roupa de dançarina francesa extremamente ridícula e vivendo mediocremente.

Mesmo após conhecer Sam e poder dar chance a um novo amor e receber outras oportunidades de crescimento profissional parece que ela tem uma raiz que a fixa em um lugar específico e faz com que ela fique lá... parada, meramente existindo.

Tenho que admitir que Jojo Moyes criou um motivo bastante imprevisível para ser o drama central desse livro e eu fiquei eternamente de cara. Os novos personagens possuem características próprias e conseguem dar um ar mais divertido ao livro. Algumas cenas em que Lou está com o grupo de terapia pós luto são bem legais. Sam é maravilhoso. Um homem lindo, com um emprego de paramédico e que é apaixonado por Lou e demonstra isso desde os primeiros encontros deles. Os pais de Lou, assim como sua irmã Treena ainda aparecem bastante na história e muitas cenas com a mãe dela me divertiram muito, principalmente porque parece que a própria mãe de Lou está vivendo mais que ela, mesmo após a idade avançada (não que ela seja uma coroa enrugada). Ela se tornou meio feminista e alguns diálogos e as discussões entre os pais de Lou foram bem engraçados. Definitivamente foi o que mais gostei no livro.

Apesar de todos os contras que tive, não consegui odiar a obra. E o porquê eu nem sei exatamente. Provavelmente foi porque meu amor pelo Will ainda está bem vivo, assim como o de Lou por ele e podemos perceber isso no decorrer das páginas. Eu chorei no final, até que foi digno, na verdade e bem emocionante. Mesmo sem estar no livro, Will continuava “presente” nas páginas, com sua essência, arrogância e sarcasmo. Não foi o que eu esperava, não mesmo. Acho que não me decepcionei tanto porque também não criei grandes expectativas quanto ao que eu iria ler. E digo-vos, definitivamente, quem pretende ler também não crie!

Enfim, é isso. Acho que Jojo foi bem corajosa, na verdade, pra ter criado o que criou. Como disse, eu não odiei o livro e ainda estou pensando se gostei ou não. Meu coração ainda não superou a perda de Will e não tê-lo com Lou nesse livro, sem as alfinetadas de um ao outro e Will comentando de suas roupas ridículas definitivamente fez meu coração chorar. Mas eu não odiei, não sei se gostei. Ainda estou confusa, ok?! Por favor, não me julguem! Kkkkk’

Vou ficar por aqui, cheirosos. Me contem nos comentários se já leram o livro e o que acharam ou, se não leram, se pretendem ler. Espero que a resenha não tenha impactado negativamente a obra de Jojo Moyes!



20 Comentários

  1. Sua resenha só me fez querer, ainda mais, ler o livro!!! kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, que bom que não foi negativa! kkkkkk'

      Excluir
  2. Olá Kaah,
    Não concordo com suas impressões e acho que o fato de a Lou ter continuado da mesma forma mostrou o quanto ela estava perdida, ela sabia que precisava mudar a vida, mas ela ainda continuou precisando depender dos outros para isso, sabe? Acho que o final desse livro foi a forma de a Jojo mostrar que ela poderia mudar sem precisar de ninguém, mas, cada um tem sua impressão e sei que não foi apenas você que teve essa.
    Parabéns por ter expressado sua opinião tão bem.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, realmente ela estava perdida. Mas acho que tive essas impressões pelo fato de achar que ela pode ter "decepcionado" um pouquinho o Will. Eu gostei bastante do final, foi digno e emocionante.

      Excluir
  3. Oi, eu, sinceramente, não entendo toda essa expectativa nos livros da Jojo. Principalmente, "Como eu era antes de você". O livro anterior já é bem "ZZz". Desde o inicio do livro, eu já sentia que Will gostaria de fazer aquilo e não iria mudar de opinião. Aí chega Lou, louca, sem expectativa. Pra parte de humor ela serviria, mas pra ele? Duvido muito. Apesar de sentir a morte dele, eu concordei. Afinal, aquilo era a única coisa que ele tinha total controle e não precisava da ajuda de ninguém pra fazer aquilo. Não li "Depois de você". Por motivos obvios e citado por você: foi escrito só pra ganhar dinheiro. Afinal, já imagino: Lou sem Will. Se ela era era meio parada no livro anterior, imagina nesse... Definitivamente, ela deveria ter acabado tudo em Como eu era antes de você. E, entendo que muita gente gostou, mas só li pq todo mundo dizia que era MUITO BOM. Esse tbm não pretendo ler.

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei e achei muito bom o primeiro volume, mas acho que deveria ter parado ali kkk' desde o começo eu também já imaginava que Will não mudaria de ideia, mas o que me comoveu foi o amor de Lou por ele e sua vontade de fazê-lo viver.

      Excluir
  4. Oi linda! Tudo bem?! Eu li como era antes de você e assim que concluir a leitura já fiquei com essa impressão de que o segundo livro seria desnecessário. Até mesmo por causa do final. Tanto que comprei o livro e ainda não li e nem sei se quero ler ainda estou traumatizada pelo final do Will.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu demorei horrores para finalmente pegar o livro da estante para ler! Não tinha criado expectativas e também não tinha a mínima ideia doq eu esperar de Depois de você!

      Excluir
  5. Só de ver o título já dá vontade de chorar.
    Concordo com você, Jojo foi corajosa. Eu gostei dessa continuação, mas achei desnecessária. O primeiro livro já era suficiente por si só.
    Beijos,
    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente o que acho. Gostei também da continuação, mas esperava algo diferente. Não é que eu tenha amado, mas também não detestei kk'

      Excluir
  6. Oi Kaah, tudo bem?
    Eu li "Como eu era antes de você" mês passado e amei a obra também, para ser honesta, nem sei o porquê de levar tanto tempo para conhecer uma história tão incrível e maravilhosa. Vejo muitas pessoas criticando essa continuação e acho que o maior motivo disso está bem claro: Will. Aparentemente, a maioria das pessoas se apegaram a esse personagem e para ser honesta, eu não vi nada de apaixonante no cara, nada de incrível, nada de maravilhoso. Tudo que vi no livro foi um homem amargurado, triste e depressivo que está indignado com o tipo de vida que Lou leva. Quero muito ler "Depois de você" porque eu amei a Lou, ela é muito divertida, esforçada e extremamente otimista. Além do mais, não julgo ela por não estar aproveitando a vida como deveria. Como julgar? Milhares de nós somos como ela, deixando a vida e as oportunidades passarem diante de nossos olhos! Seria otimismo demais se ela estivesse bem. Como você disse, ela perdeu o amor de sua vida.
    Enfim, apesar de você não saber se gostou ou não, quero muito ler a continuação pois me apaixonei por essa personagem.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se apaixonou pela Lou! Ela é totalmente o foco nessa continuação de Como eu era.. Assim, eu realmente esperava que ela fizesse um pouco mais, porque foi o que Will queria que ela fizesse. Queria ter visto ela "apenas vivendo", como ele mesmo disse, e se descobrindo. Mas somos surpreendidos no final quando ela finalmente supera a perda dele. Se você ama a Lou, por certo vai amar a continuação!

      Excluir
  7. Olá...
    Confesso que li sua resenha por alto, pois, pretendo ler o livro que antecede esse e poderia pegar algum spoiler por aí rsrs...
    Pelo que pude ler, vi que você não ficou tãaao satisfeita assim com a história, mas, isso chega a ser natural, pois, lançar uma continuação de um livro tão aclamado é como andar em um campo minado.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente. Não fiquei 100% satisfeita, mas também não fiquei 100% desagradada kkkk' como disse "ainda estou decidindo se gostei ou não". Mas estou quase cedendo pra um "gostei" kk'

      Excluir
  8. Tenho esse livro é ainda não tive a oportunidade de ler, por isso oi sua resenha e fiquei feliz por não ter spoliers. As publicações da editora são bastante filtradas e cada uma melhor que a outra.
    www.saotantas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que não tem spoilers kk' tentei não soltar nenhum sem querer, haha' por isso foquei mais nas minhas impressões!

      Excluir
  9. Oi Kaah, você não é a única com este pé atrás, conheço muita gente que pensa assim como você em relação a esta continuação. Uma amiga até mudou de ideia depois que leu este livro, pois de início ela era totalmente contra. Eu ainda não li, e nem fui ver o filme, então em relação a isso, não posso opinar melhor. De qualquer forma, é interessante poder conferir como a protagonista lidou com os acontecimentos do volumes anterior, ainda mais com a perda tão grande que teve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Fico meio assim, pois ainda nao li Como eu antes de você, e nao tive essa pressa ainda, mas pretendo um dia conhecer e pelo jeito, dependendo de como eu reagir a leitura, corra para Depois de você, mas suas impressões já me deixaram de pronto aviso...rs

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir
  11. A história de Como eu era antes de você realmente parece perfeita para um stand alone e sequências são um perigo enorme. Os autores veem que suas histórias funcionam e o dinheiro lhes sobem na cabeça, a maioria das vezes. Não os culpo, na verdade, faria o mesmo, provavelmente. Eu não tenho interesse algum pela história mas fico feliz que tenha feito tanto sucesso. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Ainda não li o livro Como eu Era Antes de Você, apesar de já ter aqui em casa. Eu já sei tudo o que acontece na história e, mesmo sem ter lido, não fiquei muito animada com a continuação. Depois que li a sua resenha, fiquei com uma pequena vontade de ler, para conhecer Sam e saber o que acontece com Lou, mas estou na dúvida kkk
    Beijos,
    http://deliriosliterariosdasnow.blogspot.com.br/2016/08/parceria-danny-belo.html

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário!
Se tiver um blog, deixe o link que visitaremos assim que possível ;)