Título original:
Water for Elephants
Editora: Arqueiro
Ano: 2006
Páginas: 272
Compare e Compre: Saraiva | Amazon

Sinopse:
Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.
Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento - o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra.
Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais.
É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.
"Água para Elefantes" é tão envolvente que seus personagens continuam vivos muito depois de termos virado a última página. Sara Gruen nos transporta a um mundo misterioso e encantador, construído com tamanha riqueza de detalhes que é quase possível respirar sua atmosfera.


Água para Elefantes foi uma agradável surpresa para mim. Havia muito tempo que eu não lia algo do gênero e essa mudança de ares me fez bem. Mas até me acostumar a escrita da autora foi muito difícil. Levei mais tempo para ler esse livro do que imaginava levar.

Nesse livro conhecemos a história de Jacob Jankowski nos anos 30. O livro é narrado em primeira pessoa por ele.

Você já se imaginou estar cursando uma universidade, concluindo seu curso, prestes a fazer os exames finais para receber seu Diploma e de repente abandonar tudo e pular em um trem em movimento? Parece surreal, não? Mas é exatamente isso que Jacob faz aos seus 23 anos.

Após perder seus pais em um acidente de carro e descobrir sobre a hipoteca atrasada da casa onde moravam que os deixou sem nenhum bem financeiro, ele deixa a universidade quando deveria estar fazendo sua prova final. Ele caminha por várias horas e quando vê um trem se aproximando, não pensa e pula dentro dele, assim começando sua jornada em um circo pela América do Norte.

Lá ele conhece a segregação existente entre os operários e os artistas e a difícil condição dos Operários que quando não são mais úteis são simplesmente jogados de dentro dos trens em movimento. É onde também ele se apaixona duas vezes: a primeira por Marlena, a linda esposa do seu chefe e Rosie uma elefanta aparentemente burra.

É bem legal acompanhar as aventuras dos participantes do circo e a descoberta da paixão por Jacob. Não gosto de romances rápidos, quando os protagonistas se encontram e logo se descobrem apaixonados, no entanto o romance nesse livro é tão lento que quase dá sono. Por outro lado, conhecemos a realidade de pessoas que viveram nos circos nos anos 30 e como é estar em um asilo, pois o livro é narrado por Jacob intercalando o presente (onde ele está com 90 ou 93 anos) e o seu passado no circo.

O livro é bom, vale a pena ser lido. A história é interessante e dá pra perceber o trabalho de pesquisa feito pela autora, pois os detalhes são tão reais que é como se estivéssemos lá com o Jacob.



10 Comentários

  1. Faz tempos que li esse livro, mas lembro que me surpreendi com ele também. Não tinha lido muitas histórias com um pano de fundo como circo e que não fosse infantil. Achei legal ter essa ideia de como é o show, das pessoas por trás, da época da história e como era naqueles tempos. Tem umas coisas ali bem tensas...a vida era dura...
    Também achei tocante ter essa visão do velhinho e no fim do livro fiquei bem emocionada com o rumo que a história tomou. É bonito. Vale a pena mesmo ler.

    ResponderExcluir
  2. Eu já vi esse filme na netflix, mas nunca vi!
    E nem li o livro.
    Achei legal a sinopse e nunca li nada com pano de fundo um circo.
    Achei original!

    ResponderExcluir
  3. Gente, o filme desse livro é um dos meus favoritos e já vi esse livro de promoção por 10,00 várias vezes, mas nunca me arrisquei a comprá-lo (tenho tendência a não querer ler um livro depois que o filme foi muito bom, porque sei que provavelmente minha opinião do filme vai mudar uahsuahusha). Mas a história é linda e extremamente cativante, tudo é mostrado de uma forma muito incrível e muito sensível, vai muito além de um romance pra mim <3

    ResponderExcluir
  4. Oi Cass! Apesar de achar interessante um livro contando a realidade dos circos de antigamente, não sou muito fã de romance (tanto os rápidos, tanto os lentos quase parando hahaha). E achei meio louco o cara simplesmente pular em um trem aleatório hahaha Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Cass.
    Confesso que nunca senti vontade de conhecer este livro apesar de já ter ouvido falar a muito tempo o fato do romance se desenvolver tao lentamente deve ter sido agoniante.
    Enfim essa não uma leitura para mim.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Tenho esse livro, porém a estória nunca me chamou a atenção, e por isso até o presente momento não quis dar uma chance a leitura. Fico feliz em saber que a autora pesquisou e muito para poder construir a trama ao ponto de retratar todo o cenário de forma bem real. Quem sabe futuramente dou uma chance a essa leitura.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cass
    Adoro esse livro! É verdade que algumas partes tornam o livro mais lendo, mas é verdade também que a autora pesquisou bastante. Sempre uma ótima dica, também gosto de romances que não são tao rápidos.
    Que bom que curtiu.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Eu já tinha ouvido fala dele mas nunca me interessou a ler, ainda mas se não me engano tem o filme também.. Gostei da historia, a trama e super diferente e também contando como é a vida dentro de um circo, e algo bem legal!

    ResponderExcluir
  9. Cass!
    Até tenho o livro aqui, mas ainda não tive oportunidade de ler e quero há muito tempo, primeiro porque painho foi homem de circo no final dos anos trinta até os anos quarenta e sempre escutei muitas histórias dele aqui no Brasil e depois, porque é um romance e amo romances.
    “Sê humilde para evitar o orgulho, mas voa alto para alcançar a sabedoria.” (Santo Agostinho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cass!
    Apesar de ter assistido ao filme Água para Elefantes e ter gostado - a relação do Jacob com a elefanta Rosie é bem bacana de se ver - nunca tive interesse em ler ao livro, mas eu amei sua resenha e caso você ainda não tenha assistido ao filme eu o indico, acho que você iria gostar...
    Bjos!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário!
Se tiver um blog, deixe o link que visitaremos assim que possível ;)